Project Management Institute

Bifurcação na estrada

As equipes estão reimaginando e reaproveitando os estacionamentos para um novo amanhã

the Edge

img

IMAGENS DE CORTESIA DE, NO SENTIDO HORÁRIO, DO CANTO SUPERIOR ESQUERDO, BATES SMART, STUDIO MARSMAN E ULTRABARRIO

Proposta da Bates Smart para converter estacionamentos subutilizados em espaços comunitários. No canto superior direito, o novo estacionamento de bicicletas em Haia. Abaixo, o conceito Parked to Place da Ultrabarrio

O mundo está com problemas de estacionamento. Embora ninguém tenha certeza de quantas vagas de estacionamento existam, as estimativas apenas para os Estados Unidos variam de 105 milhões a 2 bilhões. E com veículos elétricos (VEs), serviços de transporte por aplicativo e a promessa de veículos autônomos já mudando a forma como as pessoas se locomovem, muitos estacionamentos e garagens ficam vagos, desperdiçando espaço valioso.

Em meio a essa evolução do transporte, as equipes de projeto estão repensando as instalações de estacionamento, entregando infraestrutura de última geração e planejando como esses espaços podem ser transformados conforme as necessidades de mobilidade mudam.

Em outubro, a Fastned e a Tesla abriram o maior lote de carregamento rápido para EVs da Alemanha. No mesmo mês, a Mercedes-Benz e a Bosch revelaram planos de parceria com a operadora de garagens Apcoa para implantar um sistema automatizado de manobrista no aeroporto de Stuttgart, na Alemanha. E, em Haia, na Holanda, uma equipe de projeto liderada pelos designers da Silo + Studio Marsman em parceria com a empreiteira Mobilis concluiu a construção de um dos maiores estacionamentos de bicicletas do país, na linha de trem da cidade, com espaço para 8.000 bicicletas.

Outras equipes estão tentando reinventar completamente os estacionamentos de grandes dimensões. Em Melbourne, Austrália, por exemplo, o escritório de arquitetura Bates Smart propôs converter as vagas subutilizadas da cidade em espaços comunitários, como playgrounds e parques. E vários shopping centers converteram partes de seus estacionamentos em restaurantes ao ar livre por causa da pandemia.

Mudança de ritmo

Em Chicago, Illinois, EUA, a aceleradora de soluções urbanas City Tech Collaborative lançou o Millennium Gateway Innovation Lab, uma parceria públicoprivada cujas equipes ajudam a reconsiderar o futuro do estacionamento. O primeiro desafio: 353.031 metros quadrados de estacionamento subterrâneo, sob o Parque Millennium da cidade.

“Com 85 anos restantes do acordo operacional de longo prazo, a Millennium Garages tem um grande interesse no futuro do estacionamento”, disse Jamie Ponce, que lidera parcerias estratégicas para o laboratório. “Juntamente com outras instalações de estacionamento, empresas líderes de gerenciamento, provedores de tecnologia, legisladores e outros inovadores urbanos, a Millennium Garages e a Innovation Lab estão trabalhando para integrar o estacionamento a sistemas de transporte mais amplos, melhorar a experiência do cliente, fortalecer as operações e explorar novos usos do espaço”.

A Lab foi lançado em março de 2020 com um roteiro de projeto de três anos para “implementar soluções habilitadas por tecnologia que posicionarão os estacionamentos para enfrentar desafios urbanos críticos”. A cada seis meses, um grupo consultivo de líderes do setor, funcionários públicos e outros participantes da Lab se reúnem para avaliar o progresso, identificar novas oportunidades e priorizar as atividades da Lab.

Por exemplo, a Lab está trabalhando atualmente com a Bosch e outros parceiros de tecnologia para monitorar a ocupação e a rotatividade de estações de carregamento de veículos elétricos nas garagens. Compreender a intersecção de hábitos de consumo e capacidades tecnológicas irá preparar melhor a equipe para adaptar o espaço de serviço a um futuro em rápida mudança, seja incorporando pequenos robôs que podem carregar VEs estacionados em qualquer vaga ou estacionamento com manobrista autônomo que permite aos usuários deixarem seus carros no meio-fio e o carro se dirige sozinho até uma vaga.

“Estamos pensando criativamente sobre o papel do estacionamento em mobilidade, transporte e outros setores essenciais — não apenas como um lugar para guardar seu carro”, disse Jamie. “Em mercados urbanos em rápida evolução, perguntamos: que valor adicional os estacionamentos podem oferecer? E estamos desenvolvendo soluções práticas para aproveitar essas oportunidades”.

img

— Jamie Ponce, Millennium Gateway Innovation Lab, Chicago, Illinois, EUA

Mudar de faixa

Os carros não irão desaparecer por completo, pelo menos no curto prazo, mas as cidades e comunidades devem ser responsáveis por todos os meios de transporte do futuro quando investirem em novos projetos de estacionamento.

“Precisamos pensar em edifícios no prazo de mais de 50 anos se quisermos ter soluções melhores”, disse Marcus Martinez, cofundador da empresa de design urbano Ultrabarrio, Houston, Texas, EUA. “Teremos soluções muito melhores se fizermos isso”.

No conceito Parked to Place da Ultrabarrio, Martinez e sua equipe propõem a construção de garagens ultraflexíveis que podem ser transformadas para acomodar as mais diversas necessidades.

“Se a garagem vai ficar em um contexto urbano, coloque a funcionalidade para pedestres à mostra”, disse Marcus. “Pense em pisos mais altos, para maior capacidade de acomodação e mais programação para os poucos substituir o programa de estacionamento”.

Ao considerar itens como localização de rampa e espaço horizontal, disse Marcus, novos estacionamentos podem por fim drenar porções de espaço em níveis verticais, permitindo a criação de, por exemplo, espaços de varejo ou um restaurante de dois andares com área pequena.

“É necessário um desenvolvedor esclarecido, que esteja realmente interessado em investimentos de longo prazo, para fazer este tipo de projeto valer a pena, e isso requer cidades que estejam realmente preocupadas com a gestão de estruturas, em vez de ficar o tempo todo construindo, demolindo e construindo de novo”, disse ele. “Mas é um imperativo imobiliário”.

This material has been reproduced with the permission of the copyright owner. Unauthorized reproduction of this material is strictly prohibited. For permission to reproduce this material, please contact PMI.

Advertisement

Advertisement

Related Content

Advertisement