Project Management Institute

Resposta preparada

Perguntamos à comunidade de gerenciamento de projetos: Como você demonstra seu valor para a organização durante as análises de desempenho?

Como você demonstra seu valor para a organização durante as análises de desempenho?

img

ISTOCKPHOTO

O DINHEIRO FALA MAIS ALTO

“Para mim é simples: Ganhe dinheiro ou economize, em todas as funções. Quero transformar cada ação em uma conquista que traga um valor mensurável em tempo, dinheiro real ou satisfação do cliente — e mostrar isso aos meus superiores. Fui ensinado no início de minha carreira a falar a linguagem dos negócios, e ela é medida em valor”.

— Kevin D. Martin, PMI-ACP, PMP, diretor, responsável por experiência sênior, USAA, San Antonio, Texas, EUA

MANTER O CONTROLE

“Eu me preparo todos os meses para análises de desempenho para garantir uma avaliação contínua do que estou fazendo, como estou fazendo e o que a equipe e eu conseguimos. Meu valor pode ser medido em relação a resultados ou saídas regularmente documentados. Também documento os outros benefícios para a organização, como decisões difíceis que são tomadas, cultura aprimorada do projeto, inovação alcançada ou desenvolvimento de habilidades e capacidades de uma equipe. A medida de valor final é o resultado do projeto para a organização, financeiro ou não financeiro, e isso deve ser bem articulado e alinhado com a visão e os objetivos do projeto”.

— Ramod Regonayak, PMP, chefe de dados financeiros e governança, Bank of New Zealand, Auckland, Nova Zelândia

GANHAR RESPEITO

“Em mais de 10 anos como consultor de controles de projeto nas concessionárias de energia elétrica, minha ferramenta e abordagem preferidas para mostrar meu valor de desempenho têm sido o gerenciamento do valor agregado (GVA). O GVA fornece diferentes parâmetros e limites para medir minha produtividade, incluindo comparações entre antes e depois. Uso ferramentas de GVA como valor planejado, valor agregado, variação de cronograma e variação de custo para medir como todas essas variáveis estavam antes da minha atribuição e como elas melhoraram durante o período escolhido”.

— Koga Akinsola, PMI-SP, PMP, consultor de controles de projetos, Progressive Global, Boston, Massachusetts, EUA

EXCEDER AS EXPECTATIVAS

“A melhor maneira de se preparar é coletar dados durante todo o período de desempenho para eliminar o foco e/ou a tendência exclusivos em projetos recentes. Para mim é importante apresentar métricas gerais do projeto, como orçamento planejado e real, além de cronograma e desempenho de riscos. Mais importante, porém, gosto de apresentar as métricas de benefícios do projeto para mostrar como estão os resultados. Se os benefícios do projeto tiverem um desempenho igual ou superior ao esperado, os benefícios da organização — e meu valor — ficarão claros”.

— Lynn Kenning, PMP, PgMP, gerente sênior de prestação de serviços, Acliviti, Winfield, Illinois, EUA

FOCO NO ALINHAMENTO

“A primeira coisa que faço é converter uma questão subjetiva como valor em algo objetivo na estrutura do meu local de trabalho. Quando faço isso, sou capaz de alinhar minhas métricas de desempenho aos objetivos da minha organização. Como resultado, a única coisa que preciso fazer quando for a hora de revisar meu desempenho é colocar as métrica que coletei sobre a mesa para mostrar meu valor para a empresa”.

— Sergio Luis Conte, PMI-ACP, PMI-PBA, PMP, é supervisor de gerenciamento de programas e projetos sênior, funções de capacitação de entrega e desenvolvimento para a América Latina, PepsiCo, Buenos Aires, Argentina

FEEDBACK PERSONALIZADO

“Você realmente precisa adaptar as métricas à função. A maior parte do meu trabalho gira em torno de lançar produtos com sucesso. Mostrar feedback positivo do usuário final é um forte fator de medição, pois ajuda a mostrar como ajudei a atender a expectativas mútuas. Ou posso mostrar como lidei com escalações e interação/negociação eficazes em situações difíceis. Acompanho minhas metas e registro o valor o ano todo, por isso tenho informações eficazes e completas para compartilhar com quem analisa meu desempenho, sejam colegas ou gerentes diretos. E sempre tento definir metas estendidas que mostram como posso crescer — e como posso ajudar a acelerar o crescimento da organização”.

— Tanya Sinha, PMP, gerente de programa técnico, Tech Mahindra (Américas), Mountain View, Califórnia, EUA

Facilitar o feedback

As organizações estão repensando as análises de desempenho, adotando novas etapas para avaliar os funcionários com mais frequência e eficácia.

IMPACTO IMEDIATO

img

FORMATOS REFLEXIVOS

Como os funcionários dão feedback:

img

Fonte: Randstad Workmonitor, Randstad, 2019

img

Qual é o seu segredo para garantir que as reuniões em pé não se desviem do assunto ou se atolem com muitos detalhes?
Respostas por e-mail para [email protected] para possível publicação em edição futura.

This material has been reproduced with the permission of the copyright owner. Unauthorized reproduction of this material is strictly prohibited. For permission to reproduce this material, please contact PMI.

Advertisement

Advertisement

Related Content

Advertisement